Intervenções Farmacêuticas na realização do cuidado ao paciente em um Home Care na cidade de Maceió-Alagoas

Introdução

A Atenção Domiciliar (AD) é definida como uma modalidade de atenção à saúde que envolve ações de promoção da saúde, prevenção, tratamento, reabilitação e paliação fora do ambiente hospitalar. Neste contexto o farmacêutico está inserido na equipe multidisciplinar como profissional de competência técnica apto para prestar os cuidados ao paciente no que se refere a terapia medicamentosa trazendo sua contribuição para um processo terapêutico efetivo e resultados satisfatórios. Estudos demonstraram diminuição significativa do número de erros de medicação em instituições nas quais farmacêuticos realizaram intervenções junto ao corpo clínico, e reforçam a ideia de que a intervenção farmacêutica reduz o número de eventos adversos, aumenta a qualidade assistencial e diminui custos hospitalares. 

Objetivo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o perfil de intervenções farmacêuticas propostas, através das revisões da farmacoterapia dos pacientes visitados pelo programa de farmácia clínica na atenção domiciliar, conduzidas por farmacêuticos clínicos em um home care na cidade de Maceió/Alagoas.

Metodologia

A metodologia adotada se baseia na Política de Farmácia Clínica instituída pelo serviço de farmácia do home care. Foi realizado um estudo prospectivo descritivo realizando o acompanhamento farmacoterapêutico de 398 pacientes em Programa de Internamento Domiciliar (PID) no período de janeiro a dezembro de 2022 com análise de 1665 prescrições médicas.

Resultados

Das 330 intervenções geradas relacionados a análise de prescrição e assistência no domicilio dos pacientes, obteve-se 87% de adesão as intervenções propostas pelo farmacêutico clínico para otimizar a terapia medicamentosa proposta. 73% das intervenções estão relacionados a análise clínica da prescrição médica e 37% estão relacionadas a pontos observados durante a visita domiciliar.

Conclusão

É possível evidenciar a incidência de intervenção em 83% dos pacientes avaliados que corrobora a importância do farmacêutico clínico no cuidado ao paciente na atenção domiciliar, assim como sua contribuição na promoção de resultados clínicos efetivos mediante rotina de avaliação farmacêutica da prescrição médica associado à visita domiciliar, e o estímulo à segurança da prescrição e administração de medicamentos.

Autores : SILVA, Emmanuelle de A. Cerqueira; DA SILVA, Manoel Messias; BORGES, Amanda Sá; Dayná Larissa.

Intervenções Farmacêuticas na realização do cuidado ao paciente em um Home Care na cidade de Maceió-Alagoas
Role para cima